Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Clube Atlético Mineiro’ Category

chorando

A semana começa, como de costume, com uma das instituições mais tradicionais do povo brasileiro:

O Chororô.

(mais…)

Anúncios

Read Full Post »

fabio_costas

Alguém, muito próximo mesmo, havia avisado. Não escutei. Quando sugeri que a superioridade do Cruzeiro frente ao Atlético – lembremos: na época, onze jogos, dez vitórias celestes e um empate, mais dois placares de cinco a zero nas duas últimas finais do Campeonato Mineiro – só poderia ser explicada por um castigo dos céus, tinha em mente os castigos que transbordam nas tragédias gregas. (mais…)

Read Full Post »

O glorioso Clube Atlético Mineiro já foi assunto nesse blog. O texto em questão falava da final do brasileiro contra o São Paulo, já que para mim aquele jogo foi decisivo na história do clube.

Ontem o Galo teve um jogador na lista de convocados da seleção brasileira. Coisa corriqueira para um clube grande, certo?

Errado!

O Atlético Mineiro não tinha um jogador convocado para a seleção nacional desde 2002.

2002!

Isso significa dizer que um dos maiores clubes do nosso futebol passou 7 anos sem colocar um jogador qualquer na lista de convocações.

Dizem que a vida não dá segundas chances. Eu, cheio de esperança, discordo e espero que em 2009 o galo, além de forte, seja o galo vingador de seu hino! Cruzeiro, São Paulo? Flamengo? Não! Que o galo se vingue de si mesmo, de sua história recente, dos anos de sucateamento, dos dirigentes fracos e dos ex-jogadores que se arrastaram em campo nas últimas temporadas.

Não há mais espaço para meios termos. Com os campeonatos de pontos corridos a hierarquia do futebol começa a mudar e pensar em 13 clubes grandes beira a inocência. Resta saber como ficará o clube nessa nova ordem.

O Atlético Mineiro vive uma clara dicotomia. Voltar a ser grande ou se tornar pequeno. Simples assim! Simples como faixas alternadas em branco em preto. Cinza nunca foi cor para o Galo.

Read Full Post »

Quase todo dia, no Brasil, os jogadores trocam de agremiação. E pouco importa se é na saída da antigo time ou na chegada à nova equipe, quando questionados do porquê da troca, os jogadores vão usar indubitavelmente uma expressão.

“Eu sou profissional e…”

(mais…)

Read Full Post »

Não gosto de falar de injustiça no futebol, exceção feita, claro, aos erros grosseiros do juiz ou como preferimos chamar: o roubo.

Por isso sempre me causou estranheza o jogo de 31 anos atrás ser famoso pela injustiça. Óbvio que temos que lamentar quando a equipe que era (muito) melhor perde vitima de um regulamento que não a favorecia. Mas não podemos nunca nos esquecer que nossas equipes são cúmplices dos regulamentos e mais até: nunca podemos nos esquecer que bater pênaltis faz parte da competência de um jogador, treiná-los faz parte das obrigações do treinador e pegá-los é qualidade e sorte de poucos arqueiros.

A verdade é que olhando para trás sempre me pergunto: Como seria a história do Atlético Mineiro se tivesse vencido o São Paulo? Tornaria-se um clube mais forte do que é atualmente? Será que aquele jogo foi o responsável por mutilar o futuro daquele que seria o maior clube de futebol brasileiro?

Ou…

…O Galo seria uma espécie de Flamengo que busca no retrovisor as suas conquistas? Será que naquele jogo se fez a justiça de não premiar com as glórias da vitória um clube que hoje se afunda em dívidas e no caos administrativo?

Os jogadores do Clube Atlético Mineiro certamente sabiam das incertezas da decisão por pênaltis, mas não imaginaram que mais incerto seria o futuro do alvinegro depois daquele dia 5 de março de 1978*. Na marca de cal, além da bola, havia o destino. Da grandeza de uns e da injusta (?) decadência de outros.

* O Campeonato Brasileiro de 1977 foi decidido em 1978. Coisas do nosso futebol…

Read Full Post »