Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Histórias da bola’ Category

Ontem o Cruzeiro perdeu para o Ceará com um gol de Lopes. Lopes, ao leitor esquecido, pode não ser um nome familiar, mas o herói de jogo de ontem já foi uma promessa de craque, um novo Rivaldo “o cara” do futebol brasileiro.

Mas aí caiu sobre o “craque” em questão aquilo é o câncer do jogador de futebol moderno:

A marra.

(mais…)

Anúncios

Read Full Post »

Os campos de futebol amanheceram menos poéticos nessa segunda-feira. O jornalista Armando Nogueira nos deixou vitimado por um câncer.

Não é exatamente o meu perfil lamentar a morte. Por diversas vezes falei do tema neste blog. A morte é conseqüência do jogo. É o apito final inerente ao apito inicial, mas a tristeza pela partida do grande mestre é inevitável.

Armando sempre enxergou o futebol de modo diferente. Pra além dos passes e dos chutes. Época boa em que era possível vê-lo na TV aberta traduzindo os jogos em versos. Era como se o futebol ganhasse um tempo extra. Era como se algum cartola da International Board determinasse que depois de dois tempos de prosa haveria um de poesia.

Esse blog, pelada desajeitada entre o futebol e o lirismo, não existiria sem a inspiração do grande Armando Nogueira. Inspiração que, aliás, falta em nossos craques, pobres analfabetos da história de nosso futebol, cegos para a própria arte que criam.

A luz de cada refletor é pequena pra escuridão desse dia.

Read Full Post »

Quando você joga futebol com os amigos, colegas da empresa, sempre tem aquele que quer falar mais alto, ou chega muito forte nas jogadas e por fim cabeça quente durante partidas de futebol é comum, acredito que nem jogadores de Rugby guentam uma pancadaria geral num campo de futebol, ainda mais quando são times rivais, a famosa briga entre Palmeiras x Corinthians mostra isso, ontem tivemos não uma mais duas brigas, a primeira foi no jogo Plameiras x Grêmio, em um lance ao fim do 1º tempo uma falha do Zagueiro Mauricio provocou irritação no Atacante Obina que começaram a discutir e trocar socos, os dois foram expulsos, o Palmeiras perde a chance de ser campeão, e os dois são demitidos pelo comportamento.  Na mesma Noite após histórica virada do Fluminense em cima do Cerro Porteño, os jogadores do Cerro Porteño perdendo a classificação partiram para cima de gandulas, comissão técnica do Fluminense, e se estendeu aos jogadores.

Algum tempo atrás tivemos o caso dentro do São Paulo de André Dias e Hugo,  se desentendem e ficam naquela posição de briga de galo, famosa no futebol de campo.

Dizer que nada está sendo feito? Bom antigamente não tinham punições tão severas, mas a cada dia que passa tais atitudes mancham a carreira do Jogador, além de ser passivo de punições na Justiça. Se isso é comportamento de profissional, bom acredito que eu deveria estar jogando na seleção por ser exemplo de Jogador que respeita Fair Play, e em vez da briga só fica agitando, cada um tem uma função diferente não é mesmo?

Read Full Post »

robert enke

Ontem os fãs de futebol receberam uma triste notícia: o goleiro Robert Enke se matou jogando seu carro embaixo de um trem. O jogador, embora não fosse extremamente popular no Brasil, passou por Benfica, Barcelona (entre outros clubes), atualmente jogava no Hannover 96 e era presença certa na convocação da seleção alemã na próxima copa.

Talvez a primeira sensação seja a de perplexidade. Como pode um jogador que tem fama e dinheiro cometer suícidio? Esse tipo de pensamento só reforça o quanto temos dificuldade em enxergar os futebolistas como… pessoas! Seres que possuem vida social, problemas e estão, como nós da arquibancada, igualmente sujeitos à altos e baixos.

Enke havia perdido uma filha de dois anos e aparentemente a infecção que o afastou dos gramados só agravou seu caso crônico de depressão.

Estamos tão acostumados em enxergar nossos jogadores prediletos como deuses, que muitas vezes esquecemos que a morte é implacável até mesmo  para os grandes gênios da bola. A morte mais comum de um jogador é a velhice, quando as rugas e os cabelos brancos nos fazem esquecer que ali reside um craque. Não, leitor. Não há fuga. Se a beleza do futebol é tabelar a cada segundo com a vida temos que aceitar que a morte é o grande momento dessa partida.

A primeira história de suícidio que tive notícia foi a do, ex-goleiro do Fluminense, Castilho, quando ele deu seu último vôo do sétimo andar de um prédio.

A lista de jogadores suícidas não vai do goleiro ao ponta-esquerda, mas podemos citar os casos do ex-americano Maneco (que se matou por uma dívida de quarenta contos), Yiannis Koskiniatis, da terceira divisão grega e ainda o meia Sarkis Aroyana da seleção sub-19 da Armênia…

Ao pesquisar sobre o grande Castilho acabei por cair no livro “À sombra de chuteiras imortais” do grande Nelson rodrigues. Já havia lido o livro uma vez, mas tinha me esquecido da principal lição da história: nesse jogo, só as chuteiras são imortais.

Read Full Post »

adeus

Houve um tempo em que jogávamos futebol na rua. Não havia aquecimento e nem preleção, mas havia discussões calorosas sobre a rodada, sobre a seleção que ainda era brasileira, deliberações sobre as camisas mais bonitas, sobre as melhores marcas de bolas e ali, sem saber, falávamos sobre a vida.

Numa dessas mesas redondas surgiu a notícia de que o Cruzeiro havia contratado o Sorin.

(mais…)

Read Full Post »

copa-1970-brasil-italia-tostao-pele

 

Na folha de SP de hoje, Juca Kfouri reservou algumas linhas pra falar do Tostão. e do pioneirismo do craque em recusar a ajuda em dinheiro, público, aos campeões mundiais. Juca ainda revela que o Dr. Eduardo pediu demissão da TV Bandeirantes por não concordar com o merchan, e as implicações éticas dessa política, da emissora.

(mais…)

Read Full Post »

Hoje sou um apaixonado pelo futebol europeu, mas nem sempre foi assim. Em um passado não muito distante era quase impossível achar um canal que fizesse uma transmissão regular dos campeonatos da Europa. Sem internet e revistas especializadas as histórias chegavam quase em forma de lenda. O futebol do velho mundo era um campo de sonhos e mistérios. Tudo era novidade.

(mais…)

Read Full Post »

Older Posts »