Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Ganso’

Digno de nota

O estádio Municipal de Córdoba é admirável. Construído para a Copa de 1978 e reformado para essa Copa América, é bonito visto de longe e de perto. Por dentro, ainda mais. E melhorou com a entrada das equipes em campo. Nunca havia visto a seleção jogar. Jogadores enfileirados, hino dos dois países, tudo isto que pela TV soa como um atraso de vida ou tempo para buscar a cerveja na geladeira, no estádio ganha sentido e motivo.

Extingue-se a menor dúvida: trata-se de um torneio entre selecionados, entre países. Vale o lema do Barcelona: mas que un club. Eu que sempre pensei o contrário: seleção, menos que um clube. Eu e boa parte dos brasileiros presentes no estádio, que exibiam mais camisas e bandeiras de seus times que da seleção.

É preciso recordar Carlos Drummond: futebol mesmo, só no estádio.

Na entrada, a organização distribuía panfletos. Desses que a gente pega na porta da faculdade, no centro, ou no sinal de trânsito. Mas esse não era só frente e verso. Tinha algumas páginas. Poucas figuras, muitas palavras. Tratava-se de um conto do Ruben Fonseca sobre um jogador, suas inseguranças e sonhos.

O Ministério de Educación de la Nación, com seu Plan Nacional de Lectura, realizou a divulgação deste conto vertido para o espanhol, numa iniciativa que tem como lema “Pasión por leer“. E agora não é tanto o caso de lamentar que algo assim não aconteça no Brasil. A superioridade argentina nesse quesito é absurda. Para comprová-la, basta assistir os comerciais da TV. Alguns deles não seriam compreendidos por boa parte da população brasileira.

Digno de nota é que apesar disso é o Brasil, e não a Argentina, que tem um jogador com o hábito de leitura. Ganso se porta em campo como quem se debruça sobre um livro. Parece fora da realidade, submerso num mundo subjetivo, particular. Não faz estardalhaço. Faz pouco esforço. Quase não corre. Mas é o líder de assistências da Copa América.

O lema divulgado pela Secretaria de Educación “Pasión por leer” tem um pouco de paixão por Paulo Henrique Ganso. Dar crédito à leitura de um conto do Rubens Fonseca é como manter em campo um jogador que pouco corre, que some no jogo, apesar de decisivo. O protagonista do conto diz, certa hora: “Yo estaba tan empelotado que solo en ese momento me di cuenta de qu mi juego había sido una mierda, no había hecho otra cosa que correr dentro de la cancha como un imbécil“.

Se mantiver seu estilo de jogo, Ganso vai ser lasciva e constinuamente criticado por sua lentidão, omissão, ou qualquer coisa do tipo. O que não pode acontecer é sacá-lo do time. Já que não temos uma política de incentivo à leitura nos padrões da Argentina, é preciso cultivar e exaltar jogadores como este. Zizinho, Ademir da Guia e Alex, não brilharam na seleção brasileira como o fizeram em seus clubes. É hora e vez de um jogador dessa linhagem brilhar pelo Brasil.

 

 

Anúncios

Read Full Post »

Vou deixar para vocês a lsita dos convocados seguido dos meus comentários.

Goleiros:
Júlio César (Inter de Milão/ITA): Inconstestável como titular, oferece uma segurança para a seleção.

Doni (Roma/ITA): Ao meu ver, substituto direto do Julio, no entanto não acredito que vai ser utilizado.

Gomes Tottenham (ING): Victor merecia mais a vaga pelo que tem feito todo esse tempo em que foi convocado

Defensores:
Maicon (Inter de Milão/ITA): Com o apoio do Dani Alves na Direita pelo meio, vai ser o setor de maior qualidade da Seleção

Daniel Alves (Barcelona/ESP): Multifuncional, poderá atuar como Meia pela direita, apoiando a chegada a frente do Maicon e toque de bola com Kaka.

Lúcio (Inter de Milão/ITA): Gigante na defesa, nos jogos da Inter contra o Chelsea mostrou que nem Drogba irá assustá-lo, é um dos que suportam a seleção.

Juan (Roma/ITA): Titular ao lado do Lúcio, é um zagueiro tranquilo e sabe se posicionar bem.

Luisão (Benfica/POR): Se precisar ser titular não irá comprometer a estabilidade da seleção

Thiago Silva (Milan/ITA): Além de excelente zagueiro, sabe amnter a posse de bola e tem boas chegadas a frente, poderá ser utilizado contra seleções de menor qualidade técnica

Michel Bastos (Lyon/FRA): Ponto fraco do Brasil, os convocados para lateral esquerda, que ocupam a posição de meia nos seus clubes, não acredito que vão dar conta, jogadores como André Santos ofereciam melhor estabilidade, e atitude ofensiva pelas laterais.

Gilberto (Cruzeiro/BRA): Fraco tecnicamente, vai ser improvisado na lateral, será um dos calcanhares de aquiles da seleção
Meias:
Gilberto Silva (Panathinaikos/GRE): Apesar de Experiente e manter boa posse de bola, a falta de velocidade e agilidade no passe poderá comprometer.

Josué (Wolfsburg/ALE) Fraco tecnicamente, sem habilidade para ser titular, é praticamente um para complementar a lista.

Felipe Melo (Juventus/ITA): Bom condicionamento físico e bom passe, mas fraco tecnicamente e sem criatividade para o posto que irá ocupar.

Ramires (Benfica/POR): Boa velocidade e bom toque, deve um pouco na qualidade técnica

Elano (Galatasaray/TUR): Muito técnico, mantém muito a bola nos pés, com um meio campo lento irá fazer pouca diferença.

Kaká (Real Madrid/ESP) Salvação do Meio-campo não atravessa boa fase, seria muito mais produtivo com apoio de R. Gaúcho e Ganso.

Júlio Baptista (Roma/ITA) Finalizador e bom porte físico, considerando o restante do meio-campo, terá dificuldade de servir o ataque

Kléberson (Flamengo/BRA) Experiente, falta técnica, velocidade e agilidade, irá comprometer se for titular

Atacantes:
Luis Fabiano (Sevilla/ESP) Fabuloso tem sua titularidade incontestável, finaliza bem, e se posiciona bem a frente

Robinho (Santos/BRA) Atarvessa boa fase no Santos, não vinha fazendo bons jogos pela seleção

Grafite (Wolfsburg/ALE) Surpresa para alguns foi melhor escolha do que Adriano, tem a característica de fazer a parede na frente apra quem vem de trás

Nilmar (Villarreal/ESP) Excelente finalizador e com muita velocidade, pouca técnica, qualidade no drible

Dos convocados temos um Meio de campo lento com jogadores de pouca técnica, lateral esquerda com ais dois jogadores que seguram o jogo, a falta de um Lateral que chegue a frente irá fazer falta, Ganso e R. Gaúcho além de mostrar um futebol mais bonito, são considerados gênios iriam tirar o peso das costas do Kaká, que se mantém como único homem a salvar a seleção, o Dunga poderia ter simplificado e preferiu complicar, cada jogo será mais sofrido que o outro, na minha opinião a seleção que ganhou tudo não terá capacidade para chegar a final, a não ser que por algum motivo, saiam 2 e entrem R. Gaúcho e Ganso que estão na lista dos 7 reservas.

Read Full Post »